Construção e Concessão do Porto Mineiro e Comercial de Águas Profundas de Buba

Construção e Concessão do Porto Mineiro e Comercial de Águas Profundas de Buba
Construção e Concessão do Porto Mineiro e Comercial de Águas Profundas de Buba
Construção e Concessão do Porto Mineiro e Comercial de Águas Profundas de Buba

 Este importante projeto, financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento,  visa a definição dos aspetos técnicos, económicos, financeiros e ambientais da viabilidade do Porto de Buba, tendo em vista o desenvolvimento futuro da Guiné-Bissau. O objetivo final do projeto consiste em: 

  • estabelecer as condições para construir e operar, através de um contrato de consórcio PPP bem-sucedido, o Porto de Buba, uma grande infraestrutura em Buba, com o objetivo de possibilitar o transporte de minerais da região de Boé para exportação e permitir o transporte competitivo de mercadorias e;
  • permitir criar condições para estabelecer uma massa crítica de competência em engenharia, economia e inovação que alavancará a capacidade de Bissau Guineense de gerir do lado do governo, como uma autoridade competente, a segunda, terceira e quarta fases do programa: a construção, o comissionamento e as operações gerais de infraestrutura. 

O Projeto Preliminar de arquitetura e engenharia de todos os trabalhos de construção relacionados, compreenderá:

a)     Desenho preliminar da cadeia logística;

b)     Configuração e modelagem de modelos hidrodinâmicos, modelagem de inundações, precipitação em cenários de mudanças climáticas, mapas de risco de inundações, processos de transporte de sedimentos, obras de dragagem e áreas de disposição, transporte e dispersão de poluentes.

c)     Projeto preliminar de corredor ferroviário e rodoviário

d)     Infraestrutura Portuária: Projeto preliminar de áreas de empilhamento ou armazenamento, armazém especial, receção portuária, inspeção alfandegária, estação de carga de contentores, terminal petrolífero, instalações de armazenamento, centro de transporte, outras eventuais instalações (hotéis, restaurantes, banheiros e refeitórios para os visitantes do porto, instalações médicas).

A Estruturação de Parcerias Público-Privadas integrará:

a)     Estabelecimento do SLA (Service Level Agreement) e do período de tempo das diversas infraestruturas

b)     Identificação de restrições legais, económicas e operacionais

c)     Viabilidade Financeira do Projeto, incluindo uma análise de sensibilidade e de risco.

É essencial para a sustentabilidade do projeto que esta importante infraestrutura para a Guiné-Bissau, indiscutível motor do desenvolvimento económico, seja capaz de se desenvolver e conviver de forma sustentável com o ambiente muito sensível onde se vai construir.

O Porto de Buba a ser construído, reforçará não só o comércio internacional de mercadorias entre a África Ocidental e outras partes do mundo, como também promoverá a criação de um eixo integrado ferroviário, rodoviário e de um novo polo de desenvolvimento com repercussões além-fronteiras.

Intervenção

Especificamente, os serviços necessários, a serem incorporados no conjunto de resultados, compreendem:

-  As investigações técnicas para confirmar a viabilidade do local do porto de Buba.

-  O estudo de pré-viabilidade do projeto.

-  O estudo preliminar de projeto (PDS) para a construção do Porto de águas profundas de Buba e sua conexão com as redes de transporte.

-  Estimativa dos custos das obras previstas.

-  O estudo global do Impacto Ambiental e Social (ESIA) do projeto e a elaboração de um Plano de Gestão de Impacto (IMP).

-  Estruturação de PPP (Parceria Público-Privada) para o financiamento da construção física e operação da plataforma portuária prevista.

-  Transferência de conhecimento

Download PDF

Data

2021 - EM CURSO

Cliente

Ministério dos Recursos Naturais e Energia

Empresas

TPF Consultores

Sectores

Partilhe este Projeto

Partilhe este Projeto