Este website utiliza cookies por defeito. Estes cookies destinam-se a otimizar a sua experiência de navegação neste website. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Consulte as nossas Condições de Utilização e Privacidade para saber mais.

Aproveitamento Hidroagrícola da Faveta

Aproveitamento Hidroagrícola da Faveta
Aproveitamento Hidroagrícola da Faveta
Aproveitamento Hidroagrícola da Faveta

O Aproveitamento Hidroagrícola da Favetasitua-se na Ilha de Santiago, no concelho de São Salvador do Mundo, Cabo Verde.

Este aproveitamento, com uma áreaequipada que ronda os 80 hectares, é beneficiado por um sistema hidráulicocom origem na barragem da Faveta, construída na ribeira com o mesmo nome.
O projecto de execução da rede de rega elaborado pela TPF Consultores incidiu sobre 62 ha,pertencentes aos Blocos de Faveta - Mato Forte e Cacheu. 

Os dois blocos projectados compreendem 62 prédios, repartidos do seguinte modo:

  • Faveta-Mato Forte: 19 hectares e 42 prédios;
  • Cacheu:33 hectares e 20 prédios.

A águaarmazenada na albufeira é aduzida de modo a regar os blocos.

O Bloco de Faveta – Mato Forte éalimentado pela conduta adutora de PEAD DN 225, na qual serão executadas duasderivações para as redes de rega. As redes de rega do Bloco de Cacheu têm a suaorigem no reservatório de 1 000 m3, construído na zona de Cacheu.

O aproveitamento é servido poruma rede colectiva com 5 235 metros de condutas em PEAD com diâmetrosvariáveis, entre DN 75 mm e DN 400 mm.

A água é fornecida aosagricultores em pressão e previamente filtrada através de filtros de areia, osquais garantem um grau de limpeza adequado à rega localizada.

Intervenção

Projeto de Execução da Rede de Rega

Download PDF

Data

2013 - 2014

Cliente

MDR - Ministério do Desenvolvimento Rural

Empresas

TPF Consultores

AgroGes

Sectores

Partilhe este Projeto

Partilhe este Projeto